Dinheiro Público & Cia

Receita e despesa, economia e política

 -

Blog explica como os governos tributam os cidadãos e utilizam o dinheiro público.

Perfil completo

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Governo destina mais R$ 4,9 bilhões ao seguro-desemprego e sinaliza gasto recorde

Por Dinheiro Público & Cia

O governo Dilma Rousseff destinou mais R$ 4,9 bilhões do Orçamento deste ano para o pagamento do seguro-desemprego, segundo decreto publicado hoje no “Diário Oficial”.

Conforme o blog noticiou ontem, as despesas com o programa tiveram um salto em outubro. indicando que as verbas até então disponíveis para os benefícios poderiam ser insuficientes.

Diante da ainda pouco compreendida escalada de gastos neste ano, o governo já havia elevado, em outubro, os recursos previstos para o seguro-desemprego de R$ 23,2 bilhões para R$ 25 bilhões.

Se as novas verbas de hoje forem integralmente utilizadas, o programa consumirá quase R$ 30 bilhões, de longe o maior montante da história.

Ontem, o ministro Guido Mantega, da Fazenda, chegou a falar em “fraudes” ao comentar a expansão dos pagamentos do seguro _enquanto o desemprego no país se mantém em patamares historicamente baixos.

Desde 2011, pelo menos, existe a percepção de trabalhadores têm se aproveitado das regras do programa, que dão direito ao benefício com apenas seis meses de trabalho, para alternar períodos de vínculo empregatício com e sem carteira assinada (neste último, recebendo o seguro).

Naquele ano, o governo previu que economizaria R$ 3 bilhões combatendo desvios no seguro-desemprego e no abono salarial. Não economizou.

Blogs da Folha