Dinheiro Público & Cia

Receita e despesa, economia e política

 -

Blog explica como os governos tributam os cidadãos e utilizam o dinheiro público.

Perfil completo

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mercado reduz previsão para o saldo das contas públicas no ano eleitoral

Por Dinheiro Público & Cia

A pesquisa semanal do Banco Central entre analistas de bancos e consultorias constatou que pioraram as expectativas para o resultado das contas públicas no próximo ano.

A projeção central do mercado para o superavit primário _a parcela das receitas poupada para o abatimento da dívida pública_ caiu de 1,5% para 1,45% do Produto Interno Bruto, muito distante da meta oficial de 3,1%, cumprida pela última vez em 2011.

A queda é pequena, mas sinaliza o aumento do descrédito da política fiscal, que desde o ano passado tem superestimado receitas e subestimado despesas.

Para este ano, o governo já trabalha com um objetivo mais modesto, de 2,3% do PIB, mas a previsão mais consensual entre os especialistas é um superavit de 1,7%.

A administração de Dilma Rousseff promove forte expansão das despesas, em especial na área social, cujo Orçamento apresenta deficit recorde neste ano. Essa trajetória tende a se acentuar no ano eleitoral.

Blogs da Folha