Dinheiro Público & Cia

Receita e despesa, economia e política

 -

Blog explica como os governos tributam os cidadãos e utilizam o dinheiro público.

Perfil completo

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Saldo das contas do governo deve superar os R$ 20 bilhões em novembro

Por Dinheiro Público & Cia

Se confirmada a arrecadação recorde de R$ 110 bilhões antecipada hoje pelo ministro Guido Mantega, da Fazenda, o saldo das contas do governo em novembro, ainda a ser divulgado, deverá superar os R$ 20 bilhões.

Esse saldo é a diferença entre as receitas e as despesas com pessoal, programas sociais, custeio administrativo e investimentos _ou, no jargão econômico, o superavit primário.

O superavit deste ano será o maior da história para o mês, que normalmente é de receitas e saldos fracos. Desta vez, as contas foram salvas por fontes extraordinárias de recursos, com as quais não será possível contar novamente.

A arrecadação de impostos ganhou o impulso da reabertura do Refis, o programa que oferece vantagens para o pagamento de dívidas tributárias em atraso. O caixa do Tesouro Nacional ainda recebeu mais R$ 15 bilhões do leilão do campo petrolífero de Libra.

Mas nem o recorde de novembro basta para assegurar o cumprimento das metas fixadas para o ano. O governo prometeu em julho um superavit de R$ 73 bilhões, já bem abaixo dos R$ 108 bilhões originais, e só chegou a R$ 32 bilhões até outubro.

Faltam, portanto, mais de R$ 40 bilhões a serem obtidos neste último bimestre do ano.

Ficou alguma dúvida? Faltou alguma informação?

Pergunte na área de comentários ou pelo Facebook.

Blogs da Folha