Dinheiro Público & Cia

Receita e despesa, economia e política

 -

Blog explica como os governos tributam os cidadãos e utilizam o dinheiro público.

Perfil completo

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Paulistas e brasilienses pagam mais impostos sobre patrimônio; veja ranking com 4 tributos

Por Dinheiro Público & Cia

Os moradores do Estado de São Paulo e do Distrito Federal pagam mais impostos sobre a propriedade de imóveis e veículos, sobre heranças e doações.

O levantamento incluiu os quatro principais tributos nacionais sobre patrimônio: os estaduais IPVA (sobre veículos) e ITCMD (heranças e doações) e os municipais IPTU (imóveis) e ITBI (compra de imóveis).

Em São Paulo, a arrecadação desses impostos soma anualmente R$ 640,80 por habitante; no Distrito Federal, são R$ 566,23.  A menor receita é a do Piauí, de R$ 45,43.

635

Previsivelmente, a arrecadação é maior nos Estados mais ricos, cujas populações dispõem de mais patrimônio. Mas há casos surpreendentes, como o do Mato Grosso do Sul, que supera Minas Gerais e a média nacional de R$ 317,33 por habitante.

Os paulistas pagam mais IPVA e IPTU; os brasilienses, mais ITBI e ITCMD -no ano passado, o governo distrital fez uma ofensiva de cobrança do tributo sobre heranças.

O levantamento utilizou dados de 2013 sobre os impostos estaduais e de 2012 sobre os municipais (que foram atualizados conforme o crescimento da economia).

Leia mais: Impostos sobre patrimônio arrecadam pouco, mas estão em alta

Ficou alguma dúvida? Faltou alguma informação?

Pergunte na área de comentários ou pelo Facebook.

Blogs da Folha