Dinheiro Público & Cia

Receita e despesa, economia e política

 -

Blog explica como os governos tributam os cidadãos e utilizam o dinheiro público.

Perfil completo

Publicidade
Publicidade

Nº de ministros mais que triplicou em 24 anos; veja a evolução por governo

Por Dinheiro Público & Cia

Um dos temas mais debatidos nesta campanha eleitoral, o número de ministros no governo federal mais que triplicou desde 1990.

Eram 12 no início do governo Collor, o primeiro eleito após o fim da ditadura militar. Sem apoio parlamentar, o presidente acabou sofrendo processo de impeachment após acusações de corrupção.

De lá para cá, ministérios e cargos cujos titulares são chamados de ministros foram multiplicados para facilitar a atração de aliados ao Planalto.

Veja abaixo a evolução do número de ministros por governo, até os atuais 39.

chamada

O número é excessivo para os padrões internacionais. Um estudo publicado em 2008, que tem sido citado pelo tucano Aécio Neves, aponta que poucos países desenvolvidos contam com mais de 20 ministros.

Uma eventual redução do número de ministros ou de ministérios não produziria uma queda significativa de despesas do governo, porque os servidores públicos têm estabilidade e seriam simplesmente realocados.

A diferença se daria na gestão. Na teoria, pelo menos, decisões seriam tomadas e executadas mais facilmente.

O que não se sabe na prática é como manter uma base de apoio político sem contemplar com cargos as dezenas de partidos representados no Congresso.

Ficou alguma dúvida? Faltou alguma informação?

Pergunte na área de comentários ou pelo Facebook.

Blogs da Folha

Publicidade
Publicidade
Publicidade