Dinheiro Público & Cia

Receita e despesa, economia e política

 -

Blog explica como os governos tributam os cidadãos e utilizam o dinheiro público.

Perfil completo

Publicidade
Publicidade

Com escândalos, Petrobras cai para 3ª maior empresa em valor na Bolsa

Por Dinheiro Público & Cia

Maior empresa do Brasil em patrimônio, a Petrobras caiu para o terceiro lugar entre as companhias de maior valor de mercado negociadas na Bolsa.

Do início do governo Dilma Rousseff até esta quinta-feira (13), o valor da estatal caiu de R$ 380,2 bilhões para R$ 173,9 bilhões, derrubado pela sucessão de escândalos de corrupção.

Petrobras valor de mercado 1994-2014

Com isso, ela foi superada pela Ambev, cujas ações somam R$ 251,3 bilhões, e pelo Itaú Unibanco, avaliado em R$ 184,2 bilhões.

A comparação entre os valores de mercado e o patrimônio líquido -os bens e valores a receber, descontando as dívidas- mostra o tamanho da incerteza do mercado quanto ao futuro da Petrobras.

O patrimônio líquido da petrolífera foi contabilizado em R$ 362,2 bilhões em junho, muito acima dos montantes da Ambev (R$ 43,6 bilhões em setembro) e do Itaú (R$ 94,8 bilhões em setembro).

No governo Lula, a gigante estatal chegou a valer R$ 429,9 bilhões na Bolsa ao final de 2007. Naquela época havia sido anunciada a maior descoberta de petróleo na camada do pré-sal -os primeiros achados, de 2006, não eram tão impactantes.

Encerrado o período de prosperidade da economia global da década passada, as ações da companhia entraram em trajetória de queda no governo Dilma.

Além do cenário menos favorável, a rentabilidade da empresa foi prejudicada pela decisão política de represar os preços da gasolina e outros combustíveis para conter a inflação.

Mais recentemente, a queda foi intensificada pela operação da Polícia Federal que investiga o pagamento de propinas à empresa em favor de partidos políticos.

Ficou alguma dúvida? Faltou alguma informação?

Pergunte na área de comentários ou pelo Facebook.

Blogs da Folha

Mais acessadas

Nada encontrado
Publicidade
Publicidade
Publicidade