Atividade econômica cai abaixo do patamar de 4 anos atrás, aponta BC

Por Dinheiro Público & Cia

Com novos recuos na indústria e no comércio, a atividade econômica atingiu no terceiro trimestre um patamar inferior ao de quatro anos atrás, segundo medição do Banco Central.

Em outras palavras, o país produziu menos bens e serviços -e gerou menos renda- do que no mesmo período de 2011, no início do primeiro mandato da presidente Dilma Rousseff.

E4kwQ

Com os novos dados divulgados nesta quarta-feira (18), o índice de atividade do BC mostra uma queda trimestral aguda, de 5,1%, em relação ao período julho-setembro de 2014.

Trata-se do pior desempenho nessa base de comparação já contabilizado pelo indicador, que alcança resultados econômicos a partir de 2003. No terceiro trimestre do ano passado, a queda havia sido de 0,4%.

Os dois anos consecutivos de queda derrubaram os avanços modestos obtidos entre 2011 e 2013. Com isso, a atividade econômica atual é apenas 1,5% superior à do final da década passada.

Trata-se de uma redução brutal do ritmo de melhora da renda nacional. Entre 2005 e 2010, quando o país viveu seu melhor momento desde o Plano Real, a atividade teve expansão de 24,6%, sempre considerando os patamares do terceiro trimestre.

Ficou alguma dúvida? Faltou alguma informação?

Pergunte na área de comentários ou pelo Facebook.