Queda da conta de luz já custou mais dinheiro público que estádios da Copa

O controle das tarifas públicas para frear a inflação, agora defendido abertamente pelo governo, traz custos bem menos visíveis que os benefícios imediatos.

Só os gastos do Tesouro Nacional para subsidiar as contas de luz já consumiram R$ 10,6 bilhões em dinheiro dos contribuintes do ano passado para cá.

Como comparação, os estádios construídos e reformados para a Copa do Mundo sairão, ao todo, por R$ 8 bilhões, entre financiamentos federais e gastos dos Estados e do Distrito Federal.

Graças ao represamento de tarifas e outros preços administrados pelos governos, a inflação se mantém abaixo do teto oficial de 6,5% ao ano.

A alta dos preços livres supera esse limite desde 2012 e, nos últimos 12 meses, acumulou 7%.

Mas a estratégia não sai, obviamente, de graça: os governos estaduais e municipais têm de cortar investimentos para subsidiar as passagens de metrô e ônibus, por exemplo.

Ao segurar o preço da gasolina, a Petrobras tem perdas que significam menos receita para o governo. Os dividendos -parcelas dos lucros- recebidos da estatal caíram de R$ 3,3 bilhões, em 2011, para R$ 1 bilhão no ano passado.

Ficou alguma dúvida? Faltou alguma informação?

Pergunte na área de comentários ou pelo Facebook.

Comentários

  1. Folha, é precisa ter mais cuidado ao informar os leitores. Não foi a queda da tarifa que gerou o custo de mais de 10 bilhões de reais ao Tesouro, mas foi, principalmente, a utilização das termoelétricas para geração de energia elétrica motivada pela baixa nos reservatórios de água.

    1. Gustavo,

      A utilização das termelétricas elevou os subsídios, cujo objetivo é segurar o reajuste das tarifas.

    2. Quando alguma coisa não funciona, alguém utiliza um plano B. Mas, a exceção não pode se tornar regra geral. O uso de termoeletrica, está cada ano que passa, sendo usada como regra, e não exceção. E como sempre o povo paga ou pagará esta utilização. Se um governo torna a exceção numa regra do jogo, com certeza então o governo é da classe C, D ou E.

  2. O subsidio dado as termoelétricas é consequência da falta de investimentos na geração e transmissão de energia. O que o governo vez foi indexar este uso das termoelétricas na tarifa de energia assim que é utilizado a geração termoelétrica.
    Esta foi uma medida paliativa que ficou definitiva e mais uma vez os consumidores é que pagam a conta.
    É claro que “cortar investimentos para subsidiar passagens” não é um argumento sério para este tópico. É sim uma desculpa para não executar o que foi planejado.

    Marcelo Drummond Martins
    http://www.gebrax.com.br

  3. E o problema maior que esse é que, ano que vem, todos esses bilhões serão cobrados da população.

    Interesses políticos: se outro partido entrar, a culpa é desse. E se esse continuar, o povo já esqueceu.

  4. Se não me engano este “controle de tarifas” teve o intuito de na verdade proteger as empresas fornecedoras de energia elétrica, que vinham cobrando todos os consumidores em duplicidade….. cobrança indevida, pagamento em….. Me corrijam se eu estiver errado!! Mas esta “solução”, adotada pelo governo atuante, encontrada para agradar/apagar a memória dos consumidores, está falindo não apenas as empresas de energia, como o país!
    Gostaria de respostas de alguém com maior conhecimento!!
    Obrigado!

  5. Concordo com o Sr. Gustavo, porém, deveriam também informar que um dos maiores motivos foi a estiagem (falta de chuvas) que aconteceu.

    1. De que ESTIAGEM o sr. está falando? O PRESIDENTE JOÃO SANTANA, por meio de sua porta-voz, A BONECA DE VENTRÍLOCO DILMA VANA, anunciou a redução das tarifas de energia elétrica exatamente no dia 6 de setembro de 2012, ou seja, HÁ QUASE DOIS ANOS. Naquela ocasião ninguém desconfiava da presente estiagem. Portanto, o corte nas tarifas constituiu mais um golpe mercadológico, entre tantos outros, perpetrados pelo presidente JS para passar a perna no eleitorado cativo mantido pelo Para Trás (PT). Como sempre, o sr. JS visava apenas a sua reeleição, não dando pelota para os interesses maiores da nação brasileira. O pronunciamento, em cadeia de rádio e tevê, da boneca de ventríloco do presidente João Santana foi feito um dia antes da data da Proclamação da nossa Independência como forma de debochar dos brasileiros, pois, como todo mundo e seu fornecedor de charutos está cansado de saber, a única data a que os membros do Para Trás (PT) devotam apreço é o primeiro de janeiro, dia em que a gangue liderada pelos futuro ditador cubano Fidel Castro e o médico assassino Ernesto Guevara. É por isso que o presidente João Santana, sempre por intermédio da boneca de ventríloco Dilma Vana, deu de presente a Castro um lindo porto na cidade de Mariel, próxima a Havana, no qual nosso BNDES, banco brasileiro, custeado por brasileiros, enfiou 700 milhões de DÓLARES a fundo perdido (ou alguém acha que Castro tem como devolver essa bufunfa?). Pela mesma razão, o ilmo. sr. presidente JS alugou a (nota para os “crânios” paratrasences: “a” aqui significa “de”) Cuba alguns milhares de “médicos” (bem, pelo menos usam roupa branca e envergam um estetoscópio no pescoço) pelos quais nós pagadores de impostos do Brasil estamos dando de mão-beijada sabe-se lá quantos milhões de DÓLARES ao DÉSPOTA cubano mês após mês após mês. Esse outro golpe publicitário, a que o presidente JS deu o sarcástico nome MAIS MÉDICOS, destina-se simplesmente a financiar a ditadura cubana (sabem como é, socialismo só dá certo quando bancado por um bom esquema capitalista) e auxiliar Havana a disseminar pela América Latina o bolivaranismo, ou seja, aquele movimento político-social esquerdizante que presentou os felizardos venezuelanos com 60 por cento de inflação e quebrou aquele simpático país, além de botar a Argentina na rota do desastre num futuro não muito longínquo e, se Deus quiser, em reelegendo João Santana para um novo mandato de quatro anos, dizimar o que ainda resta de democracia e vigor econômico em nossa tão subtraída Pátria Amada. Pra frente, Para Trás!

      1. ótimo SR Will Vaccari. Temos que colocar repetidamente na mente de todos os brasileiros e os eleitores: Não queremos para o Brasil o mesmo destino da Venezuela e de Cuba, ou seja, uma ditadura tributarista do Para Tras, acabando com o que resta de democracia, como uma imprensa livre, pois os PoliTiqueiros tem o poder na mão em aliança com o PCC, MSTS, baderneiros de rua. É uma minoria tentando impor uma ditadura a maioria.

      2. Apoiadíssimo, quero considerar lo de hoje em diante, o meu “GURÚ.” Suas palavras me lavaram a alma, parabéns!!!!!!!

  6. Queda na conta de eletricidade? Isso é só jogo de palavras desta comunistaiada.
    No RS a tarifa aumentou 30% há poucos dias!

  7. De maneira alguma a estiagem pode levar a culpa pelo que está acontecendo, a culpa é inteiramente do governo que não fez invesvimentos, não está fazendo e não tem previsão de fazer. Essa conta vai custar caro para a população…

  8. Olha, tudo é devido a prizidenti querer baixar o preço da energia eletrica, sem ter embasamento algum. Quando a prizidenti anunciou o desconto, pteutas encheram as paginas elogiando a atitude dela, q ue ela pensa no pobre, que o PSDB, FHC so governava para os ricos, agora esta chegando a fatura de mais uma mentira contada pelo desgoverno. Ela mesmo falou que é inexperiente para governar, pois toma decisoes e depois toma ciencia de que a atitude foi errada. Vide declaraçao que ela falou sobre a Transposição do Rio Sao
    Francisco. Olha pteutas, nao é invenção das zelites, nem do PSDB, nem do FHC, nem da imprensa PIG, sao palavras ditas por ela mesma.

  9. resumindo apos as eleições o brasileiro esta perdido, os aumentos vão vir todos de uma vez.

  10. Quero saber ate quando o dinheiro publico irá aguentar!?! ño BR subsídios para conter infanção em outros países para gerar exportação e conter importação, estamos regredindo rapidamente, sera que existe o termo 4º mundo?

Comments are closed.