Litoral de SP domina ranking do IPTU no país; consulte dados da sua cidade

chamada_iptu

Cidades do litoral paulista predominam nas primeiras colocações do ranking nacional do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) por habitante.

Elaborado a partir de dados de 5.000 municípios e do Distrito Federal disponíveis nas estatísticas do Tesouro Nacional,o levantamento mostra que os moradores de Ilha Comprida (SP) pagam o maior IPTU médio do país.

Foram R$ 1.687 por morador no ano passado, mais de 14 vezes a média nacional de R$ 118.

Outros quatro municípios litorâneos paulistas estão entre os dez mais taxados pelo imposto no país: Bertioga, Guarujá, Praia Grande e São Sebastião.

Além disso, a cidade de São Paulo tem o maior IPTU entre as capitais, de R$ 461 por habitante, e o Estado tem a maior média do país, de R$ 273.

Previsivelmente, a receita do imposto tende a ser mais alta nas cidades mais ricas e desenvolvidas. Mas há variações nessa regra, como a elevada taxação em Campo Grande (MS), de R$ 281 por habitante -que dá ao Estado a terceira colocação no ranking nacional, desconsiderando o Distrito Federal .

Para os padrões internacionais de tributação do patrimônio, o IPTU arrecada pouco no país. Especialmente nas cidades mais pobres, os prefeitos evitam o desgaste político de impor alíquotas elevadas e preferem depender mais de repasses da União e do Estado.

Cerca de 500 municípios do país não aparecem no ranking. Os leitores interessados podem pedir ao blog pesquisas específicas.

Leia mais: Guarujá contesta ranking

Ficou alguma dúvida? Faltou alguma informação?

Pergunte na área de comentários ou pelo Facebook.

Comentários

    1. Pedro, você tem razão, tentaremos oferecer essa opção numa próxima vez. As cidades que mais arrecadam são São Paulo (R$ 5,4 bilhões), Rio (1,8 bilhão), Belo Horizonte (R$ 754 milhões), Brasília (R$ 525 milhões) e Curitiba (R$ 394 milhões). Se precisar de alguma informação adicional, basta perguntar nessa área ou pelo Facebook.

      1. Pelo que se paga de outros impostos, não deveria existir IPTU. Se continuar desse jeito, não vai se poder mais morar nesse pais.

      2. Parabéns Dinheiro Público & Cia. Muito bacana seu respeito e dedicação em responder aos leitores.

    2. Para os menos avisados sobre a existencia do IPTU, em qualquer pais do mundo há tributos municipais, estaduais e federais, e a Constituição estabeleceu os tributos de cada ente. Devemos rasgar a Costituição Federal? Prefeitinhos de nada, fazem politicagem e não atualiazam a tabela dos imóveis, deveriam ser presos por improbidade administrativa.

      1. aumenta o seu iptu então.falar que os imoveis valorizaram e por isso tem que aumentar iptu é cretinice!!! a valorização só é real na venda do imovel, e a prefeitura arrecada porcentagem desta venda, logo, se valorizou o imovel a prefeitura ganha mais qdo vender o imovel… simples assim!!

    3. AQUI EM MONGAGUA, TERRA DAS RUAS E AVENIDAS DOS BURACOS, PAGA-SE UNS DOS IMPOSTOS MAIS CARO DO MUNDO, TEM FISCAIS E CHEFES PARA COBRAR QUANDO
      VOCE CONSTROE, AGORA FISCAL E CHEFE PARA COBRAR A RECUPERAÇAO DA AVENIDA MONTEIRO LOBATO, REMOÇAO DE VALETAS, ISSO NINGUEM VER. ATENÇAO CORRUPTOS DE MONGAGUA.

    4. Tá na hora de parar com isso. Esse pessoal só quer arrecadar e roubar. Chega. Nunca se viu tanto aumento no IPTU como nos últimos 4 anos.

    5. Nossa, achei estranho São Vicente ficar lá em baixo, o IPTU nessa cidade é altíssimo, eu pago R$ 1050,00 no ano uma média de R$ 85,00 por mês em uma sala living pequena, em Santos o IPTU é bem mais barato.
      Além do que a cidade está um terror, com uma administração pífia, que venham as próximas eleições.

      1. O IPTU em São Vicente é altíssimo no centro, bairros próximos do centro e praias, entretanto, na periferia paga-se muito pouco

  1. Me desculpe mas os metros quadrado mas caros do país estão no RJ.

    1. Luis André,

      Os dados são médios. Alguns bairros do Rio podem ser mais tributados, outros menos.

  2. A lógica é que a média por habitante apresentada na tabela seja anual, mas como o IPTU na minha cidade (Guarujá) é altíssimo, fiquei em dúvida, afinal, por um apartamento de 141m, em dezembro, terei pagado Cr$ 6 144,00 (Seis mil, cento e quarenta e quatro reais).

  3. Problema fácil de resolver: vote no PT. Faz 8 dias do 2°turno. Veja ai, aumento da taxa de juros, aumento de 1000% nas multas de transito, em dias de aumento da gasolina, da energia elétrica e por ai vai, por que esse espanto no aumento do IPTU? Aguardem, quiseram PT, dá-lhe Dilma, eu acho e pouco, embora não tenha votado nos PETRALHAS!

    1. As pessoas reclamam de política sem saber o que dizem… IPTU é imposto MUNICIPAL, independe de qual o partido do presidente. Seu IPTU é caro? Reclame com seu vereador ou prefeito eleito.

    2. Parabéns Camis, vc. é um tremendo sabichão! Ou menino inteligente, já pode se candidatar a uma vaga de ministro PETRALHA.

  4. Os prefeitos de municípios mais pobres preferem não se desgastar, esperar pelo dinheiro que vem da União e dos Estados. No caso, o dinheiro que vai para a União é de todos os que pagam altas taxas de IPTU, onde os prefeitos não temem cobrá-las. E mais, eu quero saber como fica o IPTU do MST, que invadem prédios em áreas nobres nas cidades. Em SP, onde inclusive falta água para os que sempre pagaram (não fazem gato de água e de luz), o IPTU é altíssimo. E? Caso de polícia? Ou de reversão da migração?

  5. No Brasil, o cidadão já começa a ser assaltado no município onde reside.

  6. O IPTU de Ilha Comprida é um caso de extorsão. A grande maioria dos imóveis são terrenos e, como no caso do meu lote, não há qualquer benfeitoria pública, não há sequer arruamento: muitos terrenos ficam no meio de matagal, os proprietários sequer conseguem saber onde se localiza seu lote. O munícipio recolhe milhões de royalties da Petrobrás. Onde vai todo este dinheiro ?

  7. O cálculo de IPTU por habitante, para a grande maioria das cidades do litoral paulista, são incorretos. Eles dividem a receita total com IPTU pela população residente no município. Mas nessas cidades há uma maioria esmagadora de proprietários de imóveis que IPTU/habitante de forma incorreta. Como exemplo, no Guarujá a grande maioria da população paga um valor reduzido de IPTU, mas os proprietários de casas e apartamentos, que moram em São Paulo ou no interior do estado, pagam um valor absurdo. Eu tinha um imóvel lá. Vendi e não compro outro nunca mais. Cansei de ser roubado pela prefeitura local.

    1. Parabens pela informação. Os de fora são ferrados pelo jeito. Pensei que os prefeitos eram corretos ao atualizar a planta de precos dos imóvies, mas estão tratando os amigos com tudo que a Lei permite, e os estrangeiros no rigor da Lei.?

  8. Acredito que este ranking deveria ser por m² e não por habitantes pois as cidades litorâneas não são formadas por moradores e sim na maioria por veranista que tem suas casas nas cidades

    1. Ricardo,

      Seria, de fato, o ideal, mas não há dados disponíveis sobre o metro quadrado em tantos municípios.

  9. Olá Pessoal,

    Esse levantamento é bem interessante, porém, acredito que ele fica distorcido para as cidades de veraneio/temporada, pois, o número de habitantes é baixo, no entanto, o número de imóveis é bem alto. Por exemplo, as cidades do litoral tem uma quantidade de imóveis muito superior (chega a ser 4 x maior) que uma cidade com o mesmo número de habitantes e que não recebe grande levas de turistas. Talvez o ideal era ter a média de IPTU por imóvel, assim, teríamos uma dimensão melhor de quem arrecada mais com esse imposto.

    1. Ricardo,

      De fato, seria o ideal, mas não há dados disponíveis sobre o número de imóveis em tantos municípios.

  10. Ilha Comprida tem o maior IPTU por habitante, devido ao fato de ser uma cidade turística e possuir grande quantidade de imóveis cujos proprietários não residem na cidade. A população fixa gira em torno de 10 mil habitantes.

  11. Neste momento em que discutimos IPTU em Londrina informações sobre a realidade brasileira, como o ranking nacional e o comparativo com algumas cidades por exemplo, podem ajudar nas reflexões. Londrina arrecada $112,6 milhoes ao ano correspondendo a uma receita por habitante da ordem de $209,60. A média nacional por habitante é de $118,00. Os dados são da base do Tesouro Nacional, ano 2013.

  12. a minha cidade petrolina-pe, qual a sua colocação em iptu arrecadado pois aqui creio ser o mais caro do estado e o prefeito ainda deu um acréscimo para 2014 de 100%. obrigado

    1. Pedro,

      A média em 2013 em Petrolina foi de R$ 16,78 por habitante, bem abaixo da média do Estado, que é de R$ 47,30. É possível que parte dos imóveis da cidade pague um IPTU elevado, mas a média não é alta.

      1. o correto seria dividir o recolhimento do IPTU pelo numero de imoveis residencias.

  13. Concordo com o laurindo. Altissimo, e quem conserta ois buracos das ruas em frente ao nosso imvel é nosso zelldor, com já vi. pagamos e nada recebemos…

  14. Seria interessante que houvesse um teto maximo para cada região. Existe muito Prefeito por ai levando um montão para casa. A cidade de Ilha Comprida deve ser uma “Camboriu” em termos de beleza pois com o IPTU baratinho que tem!!!!!!!!!!

  15. Boa noite,

    Será que essas cidades-balneário do litoral não ficam com os dados distorcidos uma vez que muita gente tem imóvel lá mas não é morador do município. indo apenas na temporada?
    E os municípios e estados que tem muita gente na área rural? Propriedade rural paga ITR e não paga IPTU. Não distorce a análise também?

    1. Adriana,

      Você aponta hipóteses interessantes, que mereceriam uma análise mais aprofundada. Toda estatística que compreenda um número tão grande de municípios tão diferentes pode conter distorções, mas parece provável que municípios de grande potencial turístico atraem proprietários de renda alta capazes de arcar com cobranças mais altas do imposto.

  16. Não sei o critério de avaliação, somente sei que o percentuasl de Guarujpá é de 2,5% do valor venal; na Bertioga é de 0.6% sobre o valo0r venal. Logo, o resultado deve ser que, na Bertioga, o valor venal se aproxima do real e no Guarujá, conforme se comprova, o valor venma não espelha de forma alguma o valor efetivo.

  17. Moro em Santos, mas não sou daqui, no começo do ano o prefeito eleito do PSDB, aumentou o Imposto Predial quase que o dobro da inflação do período, foi um roubo mas não escutei ninguém reclamar, mas reclamar do bolsa família todos reclamam, se fosse o PT teria até passeata, quando é da turma do Mário Covas todos se calam!!

  18. Muitas cidades litorâneas que fazem verdadeira extorsão com seu Iptu, deveriam ser indiciadas pelo ministério público pois em nada dão de retorno a esses pagantes, tal qual o Guaruja, onde sai prefeito e entra prefeito e o despejo de esgoto e aguas pluviais vindo das bocas de lobo, caem na praia contaminando muitas crianças no verão, onde dá epidemia de viroses enchendo os hospitais. Ninguém sabe pra onde vai esses milhões de Iptu, deixando a população no caos. Já existe ação do MP contra os prefeitos por tais contaminações das praias.

    1. Eduardo, eu tive que vender um apto no Guarujá pq me sentí roubada pelo valor do IPTU cobrado, mais de 18.000 reais por ano, isso há 2 anos atrás, imagino agora. A rua do prédio toda esburacada, nem lixeria tinha, retorno zero ao pagante. Um absurdo.

  19. O iptu de Petropolis está em torno de 4.000 reais por ano nos prédios mais novos

  20. Creio que para dar maior transparência aos valores seria mais lógico mostrar o IPTU por m². A divisão por habitante leva em conta, por exemplo, no caso de Guarujá, uma grande parte da população que não deve pagar IPTU. Ou seja, quem tem um imóvel de veraneio no litoral ajuda a população mais desfavorecida da periferia. Não acho errado mas precisa ser mostrada a realidade.

    1. Alcides,

      Seria melhor, de fato, mostrar o IPTU por metro quadrado, mas não há dados disponíveis para tantos municípios.

  21. Sei que o tema nada tem a ver com IPTU.
    Tenho curiosidade de saber como é a taxação (ICMS) da cesta básica nas diversas unidades da federação.
    Talvez seja tema para outra matéria.

    1. Flávio,

      É uma boa sugestão. Se houver dados disponíveis, haverá uma postagem sobre o tema.

  22. Acho Caraguatatuba muito mais caro que o publicado. Tive um terreno de 390m2 na Rodovia (Rio-Stos) próxima (2km) do centro, há 7 anos e naquela época o IPTU já era acima de R$ 5mil/ano; parcelado 500/mês e era só um terreno: Aburdo! a cada ano dobrava o custo (vê-se que antes era bem baixo o IPTU) e nenhum advogado de lá quis contestar o absurdo do aumento abusivo: vendi, foi a minha melhor alternativa: Fui! não volto lá se DEUS quiser e por isso o preço citado na matéria não é verdadeiro.

    1. Hernani,

      Foram utilizados dados informados pela prefeitura sobre a receita e pelo IBGE sobre o número de habitantes, todos reunidos nas estatísticas do Tesouro. Sempre pode haver erros nas informações prestadas e na divulgação delas, mas também se deve levar em consideração que os valores são médios, e a variação em torno da média pode ser grande.

  23. Com esta arredação, estes municípios deveriam ser locais extremamente bem cuidados e modelo para o país. mas ao contrário é onde menos se ve atuação das prefeituras.
    Para onde vai este dinheiro todo ? Vejam o número de escandalos na prefeitura do Guaruja nos últimos anos. As demais prefeituras não devem ficar atrás tambem.

  24. Em cidades de veraneio, há muitos imóveis que em geral são usados por não residentes. Quando a média é calculada sobre o número de habitantes, a conta fica distorcida.

  25. As distorções do IPTU , são fantasticas , apto em Higienopolis ao lado do Shopping isento. Outros o valor venal e superior ao valor real , o valor do IPTU quase um aluguel .O IPTU em São Vicente por m2 e mais alto do que no Guaruja em uma área nobre. Aguardemos deste novo congresso uma reforma tributária que possa extinguir tal imposto que além de injusto trata igual situações desisguais.

  26. Creio que a metodologia utilizada pelo ranking não é a ideal visto que foi realizado uma simples divisão do montante arrecadado pela população do município.
    Utilizando esse método é óbvio que cidades litorâneas estarão no topo da lista, visto que a quantidade de contribuintes supera o número de habitantes.
    Sendo assim, resultados enviesados e aberrantes são esperados.
    Sugiro portanto a correção da metodologia de cálculo ou senão as cidades de veraneio sempre estarão no topo da lista.

  27. Uma pergunta bem simples….o q se faz com o dinheiro do IPTU q as prefeituras recebem,ou pelo menos deveriam fazer?

    1. Elza,

      Há percentuais mínimos obrigatórios das receitas a serem empregados em saúde e educação, mas, fora isso, as prefeituras podem usar livremente a arrecadação do IPTU.

  28. Olá,

    gostaria de ter os dados para fazer uma pesquisa. Vocês têm uma planilha com os dados? Poderiam me dizer onde posso baixá-la?

    muito obrigado

    1. Lincoln,

      Os dados podem ser encontrados no site do Tesouro Nacional (www.tesouro.fazenda.gov.br), na parte referente a finanças municipais. Qualquer dúvida, mande uma mensagem para gustavo.patu@grupofolha.com.br

  29. tenho apto Praia Grande e pago um absurdo de IPTU, sem ter retorno nenhum.
    A falta de segurança é gritante. Já fui assaltada 3 vezes na praia.Em frente ao meu prédio ficam jovens assaltando os turistas…
    Chamamos a polícia, mas não vem ninguém…
    Qdo chove muito, ficamos ilhados; os canos ficam todos entupidos das ruas com sacos de lixos boiando e etc.Coloquei meu apto à venda; estou com medo…

  30. Prezados srs,
    Parabéns pela pesquisa.
    Trabalho na prefeitura de campinas na área de planejamento de IPTU. Temos muita dificuldade para comparar o imposto de nossa cidade com cidades do mesmo porte. Faltam informações.
    Vocês poderiam enviar esse arquivo por email.
    Seria interessante ter um cruzamento de dados para as grandes cidades (por número de imóveis e se possível metragem construída).
    agradeço vossa atenção

  31. O calculo do iptu/hab é um absurdo!!!
    Se 52% da população recebe bolsas, não paga nenhum tipo de imposto, não deveria ser computada para efeito de cálculo de média. Meu iptu (curitiba) é R$ 3.700,00 e não os módicos R$ 212,87!!!

  32. O que vai ter de prefeito não reeleito por causa dessas disparidades caras!!!! Haja povo paciente sabendo a fortuna arrecadada e não a ver de volta nas ruas.

  33. A média funciona assim ou diferente: Todos os que pagam, dividido por total de habitantes? Então Se mora num apartamento 5 habitantes e em imóvel não tributado mais cinco habitantes, divide-se por 10 (dez)?

    1. Ricardo,

      A média é a receita do município dividida pelo número de habitantes.

  34. desculpe este espaço uma oportunidade que podemos esfriar o mundo,só o governo pode comprar terras 100 ou mais alqueires em cada município de cada cidade e plantar arvores,deixar a responsabilidade a cuidado cada prefeitura,a ninguém invadir e continuar protegendo as nascentes dos rios,só assim a resolver ao futuro

  35. plantar arvore, traz chuva,água na torneiras,nos rios ,clima melhora , fartura na lavoras , nossas saúde,gente vamos levar esta ideias a frente, comunique ,espalha , fale , nas redes sociais , vamos mudar o mundo !!!!!

  36. Nos municípios pequenos de Iptu de valores baixos, ficam impossíveis de cobrarem Iptu por um único motivo: como cobrar imposto de R$ 20, mesmo que acumule anos (em 5 anos prescreve) se os custos, gastos e honorários advocatícios ultrapassam muito isso? E mais: mais de 90% dos municípios sequer tem procuradores, ainda pagando custos e estadias de advogados de fora. Melhor nem cobrar Iptu.

  37. A cidade do Guarujá possui, R$ 733,00 por habitante, está entre as 10 maiores no Ranking de cobrança do vergonhoso IPTU. Possui ruas esburacadas, criminalidade incontrolável, não se vê polícia em lugar nenhum; Não há condições de segurança para um simples passeio nas praias; Uma rodoviária que na realidade é um terminal sujo e horroroso, e que está pasmem ao lado da sede da PMG. É lamentável!!!

  38. Essa média não tem sentido.. Na minha cidade por exemplo (Osasco) a média é 274,42 .. só eu pago de UMA residência quase R$ 2700,00 por ano. somos eu, esposa e 1 filho.. nessa media daria R$ 900,00 só na minha casa.. isso quer dizer que eu estou pagando muito IPTU por outros que não pagam????? Agora consideremos a hipotese de eu ter outros imóveis, 3 por exemplo, pagando uma média de R$ 600,00 cada…só na minha familia essa média passaria a R$ 1500,00 por habitante .. como disse, essa média não faz sentido.. ou no mínimo é informação totalmente desnecessária

    1. Nei,

      Você paga IPTU acima da média, porque provavelmente seu apartamento também é acima da média. A média serve como um indicador dos locais onde o IPTU é mais alto, mas sempre poderá haver situações específicas que distorçam a base de comparação.

  39. Sou moradora da Praia Grande perdi meu benefício de ter desconto do IPTU por ter comprado um apto. novo, além disso a constrtora que entregou os aptos em agosto de 2012. Para meu espanto chegaram 2 IPTUs para pagar com 12 parcelas cada referente a 2013 e 2014…Cada parcela no valor aproximado de 240,00 (que absurdo) Pergunto: Isso é devido? A Prefeitura não deveria ter cobrado 4/12 avos referente ao ano de 2012? Muito obrigada se alguém puder me informar.

  40. meu aqui paga para tudo,calma que vai vir mais ainda espera que com certeza vai ter mais coisa o caixa esta baixo eles tem que roubar mais um pouco,ate em favela eles já começarão a cobrar

  41. Não por acaso, as cidades litorâneas e as turísticas têm a tendência a ter a relação IPTU por habitante alto! Existem muitas casas de veraneio em que os proprietários são moradores de outras cidades! Os maiores absurdos acontecem em cidades em que foram traçados planos diretores em que a porcentagem valor de IPTU por metro quadrado varia de acordo com o bairro! Isso acontece por exemplo no Guarujá-SP, onde em alguns casos, o IPTU/M2 é absurdamente alto!

  42. Srs.
    Houve um esquecimento na matéria.
    Ubatuba no litoral norte de SP possui o 2º maior IPTU do Brasil há anos.

    1. Washington,

      De acordo com os dados disponíveis no Tesouro Nacional, a receita de Ubatuba com o IPTU em 2013 foi de R$ 38,7 milhões, equivalente a R$ 458 por habitante. O valor está acima da média do país e do Estado, mas não é o segundo maior do Brasil. Se você dispuser de dados diferentes, o blog fará a checagem.

    1. Alessandro,

      Seria, de fato, o ideal, mas infelizmente não há dados disponíveis sobre o custo do metro quadrado para tantos municípios.

  43. Muito interessante!!! Parabéns pela pesquisa…
    Gostaria que fosse pesquisado e publicado o valor pago não por numero de habitantes e sim também por numero de imóveis cadastrados. Quem mora em cidade litorânea sabe que existem imóveis de veraneio e ai é que ocorre a distorção, dá a impressão que o município arrecada muito….Quanto maior a proporção entre habitantes fixos e flutuantes (turistas) maior é o caos para a administração Municipal atender as demandas dos munícipes é o que observamos na nossa Cidade….Cidade que possui o IPTU como maior fonte de arrecadação é cidade falida ou a caminho da falência…Cidade sadia é aquela que arrecada bem em ISS e ICMS pois ai verifica-se que possui empresas e empregos.

    1. Adolfo,

      Obrigado pelos comentários. Infelizmente, não há uma base de dados nacional sobre o número de imóveis cadastrados em cada município.

  44. Por que Campo Grande é uma “variação a regra”? Não somos ricos e desenvolvidos o bastante pra termos um valor neste nível?

    1. Eduardo,

      Levantamento feito com base na receita de 2012 mostrou que a arrecadação de IPTU em Campo Grande é a maior entre as capitais, em proporção da renda municipal.

  45. Curiosidade… Prédio com mais de 20 anos com 52 m em Mongaguá deveria ser isento de IPTU …e achei um absurdo ano passado 1300 de IPTU aonde vamos parar

  46. Prezados,
    Vi pela internet ontem o aumento do meu iptu e não acreditei. o aumento foi de mais de 28%. Isso não é nem perto de justo, visto que não tivemos melhorias na cidade, na minha, no meu bairro. E não posso acreditar que a justificativa seja do VLT que tá longe de começar seus trabalhos, até porque não será gratuito e está sendo construido com dinheiro dos impostos que já pagamos. Por favor alguém sabe de dizer onde reclamo, como posso reclamar. Nâo posso pagar mais R$ 2.000,00 morando em São Vicente em um apto. de 1 quarto 55m². Me ajudem por favor
    Cleide

  47. Olá. No site do Tesouro Nacional, onde eu encontro essas informações? Procurei e não encontrei. Se puder me informar ficarei grata.
    Obrigada.

Comments are closed.