Mantega completa 8 anos na Fazenda; veja o que melhorou e o que piorou

Prestes a bater um recorde de longevidade no cargo, o ministro Guido Mantega, da Fazenda, viveu os melhores e os piores momentos econômicos da administração petista.

Depois da próxima quinta, Mantega ultrapassará a marca de oito anos no posto mais difícil do Executivo federal, superando Pedro Malan, de FHC, como o ministro mais duradouro em período democrático.

Veja ao final desta postagem como seus resultados, especialmente na inflação, são favoráveis na comparação com os de outros titulares longevos na pasta.

Antes, porém, confira no infográfico abaixo o que melhorou e o que piorou ao longo da gestão do ministro. O segundo bloco é maior que o primeiro.

chamada_resultados_mantega

É evidente que nem todas as melhoras e pioras decorrem diretamente do desempenho do ministro e sua equipe.  A herança recebida e o cenário econômico global, muitas vezes, têm peso maior.

As médias anuais de crescimento e inflação na gestão de Mantega mostram um amadurecimento econômico do país, com maior equilíbrio entre os números.

Veja a evolução da economia do país nas gestões dos ministros mais duradouros dos últimos 50 anos.

Por último: o ministro da Fazenda mais longevo da história é o obscuro Artur de Souza Costa, no cargo entre 1934 e 1945, na ditadura de Getúlio Vargas.

Veja amanhã Uma análise do desempenho de Mantega.

Ficou alguma dúvida? Faltou alguma informação?

Pergunte na área de comentários ou pelo Facebook.

Comentários

  1. O que melhorou foi a vida dele e da tropa de mãos leves, o que piorou foi a nossa. Mais impostos e o leão mais esfomeado do que nunca.

  2. Interessante o ministro dos Petralhas como é chamado por muitos críticos exibe os melhores índices. Observando os números é compreensível porque a oposição está sem direção , é que apesar de muitas falhas continuamos melhorando .

  3. O impacto do REFIS sobre a arrecadação do IRPJ e da CSLL

    Notícias dos últimos dias dão conta de nova frustração da arrecadação tributária federal no mês de fevereiro, a qual não teria atingido os níveis previstos/projetados pelo Ministério da Fazenda.

    Creio que a explicação principal para a frustração de receita se encontra no “sucesso” do REFIS no final de 2013.

    Ao fazerem a previsão de receitas para 2014, os técnicos do MF certamente não levaram em conta que todo aquele dinheiro recolhido em novembro pelas empresas ao aderirem ao REFIS, bem como as subsequentes 179 parcelas a serem pagas nos próximos 15 anos, seriam posteriormente apropriados contabilmente nos balanços dessas empresas como despesas (fiscais ou financeiras), impactando negativamente as bases de cálculo do IRPJ e da CSLL.

    Como essas empresas (na maioria sujeitas ao regime de tributação pelo lucro real) recolhem IRPJ à alíquota de 25% e a CSLL à alíquota de 9% (sobre bases de cálculo aproximadamente iguais), temos que, na prática, o efeito líquido efetivo sobre a arrecadação federal dos pagamentos efetuados no âmbito do REFIS é de apenas 66% dos pagamentos realizados pelas empresas que aderiram ao parcelamento.

    Assim, seja qual for a espécie ou tipo do tributo parcelado, o pagamento de cada parcela do REFIS terá como contrapartida uma diminuição na base de cálculo do IRPJ e da CSLL, resultando em “frustração” na arrecadação dessas duas rubricas – com a consequente repercussão negativa também sobre as finanças estaduais e municipais, tendo em vista que 44% da arrecadação do IRPJ são transferidos aos Estados e Municípios via FPE e FPM.

  4. Foram 8 anos de manipulação de numeros do PIB, Balança Comercial, Inflação e outros mais e ainda esta ajudando a afundar empresas Brasileiras, ele ainda esta no poder porque ser aos interesses do Lula e Dilma, que não entendem nada der Economia, até chegar ao ponto de afundar o Brasil e a Petrobras.

  5. O SINISTRO GUIDO MANTEIGA DA FAZENDA PT ,VAI DEIXAR O BRASIL COM AS ARTÉRIAS DO CORAÇÃO ENTUPIDAS!!!PENSE NUM GOVERNO QUE VAI ACABAR COM O BRASIL!!!

  6. Hummmmmmmmmm quero ver mesmo e quando a mascara cair, o povo brasileiro deve estar lembrando do plano Color Bresser etc que camuflavam a inflação manipulavam os números igual e o PT esta fazendo a mesma coisa escondendo a INFLAÇÃO , esquecendo que um dia a casa cai.

  7. aa .. tá bom .. to quase acreditando que nesses números da inflação e PIB .. do período de Mantega !!!! Isso é pra brasileiro tonto .. mesmo !!!

Comments are closed.