Mais otimista que o mercado, BC vê recuo da inflação para 5,8% em 2015

Com a economia ainda em ritmo lento, o Banco Central projeta que a inflação recuará no primeiro ano do próximo governo, mas permanecerá acima da meta oficial.

Os dados foram apresentados nesta segunda-feira (29), no Relatório Trimestral de Inflação. Na comparação com o documento de junho, há mais pessimismo com a economia; o BC, porém, ainda é mais otimista que os investidores e analistas do mercado.

A estimativa para o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto, a renda gerada no país) neste ano foi reduzida de 1,6% para 0,7%; exatamente uma semana antes, o Ministério do Planejamento havia calculado 0,9%.

Os números são bem superiores às expectativas recém-divulgadas de bancos e consultorias, que apontam uma expansão de 0,29%.

Não há ainda uma previsão oficial para 2015, mas o BC projeta que, no período de quatro trimestres até junho, o PIB terá crescido 1,2%. Em outras palavras, a produção e a renda continuarão em ritmo lento, com melhora modesta nos primeiros seis meses do próximo governo.

Trata-se do pior início de mandato desde que o tucano FHC foi reeleito, em 1998, e o Plano Real entrou em colapso devido à escalada da dívida pública e ao esgotamento das reservas em dólar. Em junho de 1999, a economia acumulava queda de 0,6% em quatro trimestres.

Para o BC, a inflação, que se mantém acima da meta de 4,5% desde 2010, fechará mais este ano eleitoral em 6,3% e só cederá à estagnação da economia a partir do início de 2016. Estima-se um IPCA de 5,8% em 2015 e de 5% nos 12 meses encerrados em setembro de 2016, até onde vai o olhar do BC.

O mercado também é mais pessimista nesse caso: acredita-se que a inflação repetirá no próximo ano os 6,3% de 2014, em grande parte porque há reajustes represados de preços como os da gasolina e da energia elétrica.

As contas do BC pressupõem a permanência dos juros nos atuais 11% ao ano. Um novo governo pode, em tese, elevar a taxa e apressar a queda da inflação, com risco de aumento do desemprego.

Os analistas de mercado não esperam um choque de juros nos próximo ano. As projeções para a taxa do BC ao final de 2015 variam em torno de 11,38%.

Ficou alguma dúvida? Faltou alguma informação?

Pergunte na área de comentários ou pelo Facebook.

Comentários

  1. E que tal vocês políticos pararem de mentir, enganar, manipular? A inflação verdadeira, NOSSA, é de uns 12%; aquela de vocês talvez não passa dos 6% pois quando falta dinheiro vocês vêm mergulhar em nossos bolsos!

    1. Você é economista?Da onde você tirou os 12%, ou você não sabe como é calculada a conta da inflação?

      1. é como ele falou amigo…A NOSSA….a verdadeira…qualquer um que for ao supermercado, tiver convenio medico ou adquire produtos de consumo percebe isso…

        1. Sim só que o que você está pensando entra no calculo?Porque é feito da mesma forma desde FHC, a comparação é entre governos.Agora comprar um tenis ou comprar um kg de carne vai haver mesmo variação pois o governo não regula isso.

          1. Srs, venho muito respeitosamente questionar sobre:
            Se a Inflação gira em torno 6% aa e o crescimento é
            de algo de 1% aa (otimistamente dizendo) não estamos vivendo uma franca recessão a muito tempo?
            A inflação mede o quanto voce precisa a mais pra adquirir a mesma coisa, ou seja:
            (Crescimento +1,0%) – (inflaçao -6,0)= -5,0% RECESSÃO a muito tempo, porisso este destempero da realidade apresentada/nosso bolso.
            Grato pelo espaço e atenção.

        2. Exatamente. Qualquer um que faz compras de primeira necessidade sabe que a inflação voltou e está corroendo os salários. Este governo vai fazendo o Brasil perder a pouca credibilidade que conquistou a duras penas.

        3. Acho que ponderando, 12 é d+. Num âmbito geral, deve ficar em torno de uns 8,5% no máximo. E o IPCA… ah, o IPCA… esqueçam o IPCA.

  2. Enquanto os outros países, inclusive China e India, se lançam e navegam no futuro nós estamos, graças a vocês políticos, recuando a passos de gigante para a idade média ou pior!

    1. Infelizmente não é só o Brasil que anda para trás, há outros países “bolivarianos” que estão caminhando para o mesmo buraco. Em breve a América Latrina Bolivariana estará na rabeira mundial em termos de IDH, desenvolvimento econômico, liberdade de expressão, democracia etc. Quem viver verá!

    2. Verdade, o brasil ainda e lenha e colonia ainda.ACORDA BRASIL, NAO VOTE NO PT QUADRILHA,NAO SEJA CONIVENTE.

    3. Podemos ficar igual a China e a India, é só tirarmos os direitos dos trabalhadores e abaixarmos o salário minimo, empurrarmos 70% da população para baixo e assim conseguimos ter uma vida boa.Com crescimento acima dos 5%.Fácil né.

    4. Tenho 42 anos e vivemos no momento mais obscuro do Brasil democrático. Temo que jamais verei um país soberano e sério. Caminhamos para a insustentabilidade econômica marcada pelo cinismo, mentiras e corrupção. Pobre Brasil.

      1. Se o momento é o mais obscuro, o que você estava fazendo entre 1982 e 1991? Hibernando?

  3. Após o período de eleição as coisas mudam.Infelizmente nesse época é sempre a mesma coisa, o investimento é diminuído com a velha esperança de mudança que não irá ocorrer.Independente de quem fosse eleito a politica não muda, são detalhes que fazem a diferença de um para o outro.Para mudar de verdade teríamos de alfabetizar politicamente e isso é muito difícil acontecer.

  4. Nunca acertaram em suas previsões antes, como acreditar em mais esta? Só mesmo sendo muito tolo para acreditar que diante de uma repressão nos preços controlados (combustível, energia, etc), atualmente existentes, com aumentos previstos para o próximo ano, que se possa esperar o recuo da inflação. É tudo discurso eleitoreiro.

  5. “O mercado espera…”, “os analistas do mercado dizem que…”

    Gostaria de saber quem é esse tal “mercado” e quem se diz porta-voz dele.

    1. Cléverton,

      O Banco Central divulga uma pesquisa semanal com as projeções de cerca de uma centena de bancos e consultorias. Convencionou-se adotar o ponto médio das projeções como a expectativa mais consensual do mercado.

    2. E isso mesmo, brasil nao tem mais mercado e sim so produtodos chineses.O PT ACABOU COM O MERCADO E AS INDUSTRIAS QUE EMPREGAM OS PETISTAS. SO ISSO.DESEMPREGO EM MASSA EM BREVE INFELIZMENTE,MESMO COM A TROCA DE GOVERNO.514 ANOS DE ATRASO NESSA ALDEIA.

      1. Café com leite o seu comentário, além de estar fora da realidade.

      2. Você está correto. Eu não gosto da Dil m@ mas minha empresa adora, pois atua na área de importação de produtos. Quanto mais empresas quebrarem no Brasil, maior nossa dependência por manufaturados importados… maior o nosso faturamento. Vamos lá Petê termine de exterminar nossas indústrias… esse parque de sucata e cabide empregador que não gera nenhuma propina para o governo.

        1. Se está ruim desse jeito aí, por que nosso saldo em transações correntes sempre fecha no azul?

    3. Amigão, mercado é aquele cara que te emprega, que te demite, que produz e que especula. Tem gente de todo tipo, mas é o cara, que se tiver de mal humor, não investe, não contrata, não se mexe, pra não correr riscos. Por isso, é sempre bom o mercado estar de bom humor. Como nossas esposas. Se elas não acreditam em nós e ficam mal humoradas, sai de perto…

        1. Não é TPM, é a ruína de expectativas positivas futuras, que ajudam a estabelecer as políticas ótimas do presente, através do que chamamos de PLANEJAMENTO, ou da FALTA DELE.

  6. Estaremos mais afundados no próximo ano.
    Todas as previsões do BC e do Ministério da Fazenda nos último 4(quatro) anos foram, além de contraditórias, furadas.

  7. Com todo respeito ao artigo, tudo que se disser sobre a economia em 2015 é especulação, não tem lógica; principalmente o que vem do governo atual em que o ministro já foi defenestrado pela Presidente. A nova ou renovada economia começa domingo com o voto dos brasileiros.

  8. Mas estão falando da inflação oficial (aquela do País das Maravilhas do PT) ou da oficiosa (conta de luz com 40% de aumento, mijolina a R$ 3,35 o litro, supermercado 10% mais caro a cada mês) ? Há dois países dentro de um só: um pra quem não trabalha e outro pra quem produz e sustenta 60% da população economicamente ativa.

  9. Não acredito em queda da inflação sem sacrifício. A Selic vai ter que subir, o câmbio flutuar e o governo parar de gastar e acabar com a farra instituída em Brasília. Se o FED elevar a taxa dos títulos americanos então, vai ser difícil segurar e o dolar vai bater quase R$ 3,00. As demissões no Brasil já começaram, existem setores quase paralisados mas o pessoal de Brasília acho que está vivendo em outro país. Venham sentar na minha cadeira de pequeno empresário e ver como está “gostoso”. Se forem esperar as eleições, posses e etc para tomarem atitudes corretas, talvez não haja mais tempo para se evitar uma catástrofe. Quem viver verá.

    1. Dólar a R$3,00? Então as reserves internacionais estão como na época do todo-poderoso Sarney? Faça-me rir…

  10. não adianta.. uol mesmo assim eu voto na DILMA.. pois os outros dois são muito ruins…. principalmente a tal marina.. que em 2010 ficou em 3 lugar no acre.. o seu estado ou seja.. quem conhece ela não vota nela..

    1. Então você é xarope, mesmo. Diz que concorda que estamos afundando, mas vai manter o Schettino (no caso a Scretina), comandando o Brasil…

      1. Deixa eu te lembrar um coisa: PT não é religião, nem time de futebol. Não deve ser encarado como fé absoluta ou fanatismo. Mude. Experimente. Não gosta do PSDB, não vote neles. Mas tem outras opções. Não está bom, do jeito que está. Adimita. Não é porque um candidato bom não tenha chances, que não mereça seu voto. Se não, teremos desistido.

    2. se nós brasileiros sensatos não tirarmos esses “malandros” do poder, este país estará certamente no abismo.

    3. Com adversários de serie B como os que estão aí , o governo irá continuar por mais 20 anos.Pra mudar tem de vir gente de verdade.

  11. Será que pode-se confiar em alguma projeção dos instrumentos ainda comandados pelos atual governo, cujos indicativos recentes apontaram erros crassos na análise de dados, sempre a favor do governo petista? Infelizmente, creio que não.

  12. Quando 2014 acabar, teremos um “crescimento” do PIB entre 0 e 0,2%, o menor do mundo!

    1. A expectativa da zona do euro prá 2014, apesar dos resultados da Alemanhã, é de recessão. Recessão inclusive na própria Alemanha. Pare de assistir à Globo.

  13. E vai piorar. Isso aí é pura mentira. Brasil quebra antes de 2016 com Dilma. Ela está afundando o país. Só não vê quem é cego ou está mamando na teta dessa ladroagem.

  14. Historicamente o SAMBA, modelo de economia artificial (DSGE) utilizado pelo Banco Central, tem uma assertividade melhor do que os modelos utilizados nas consultorias e bancos (modelos baseados em correlação de séries temporais – ditos VAR). Relativamente fácil de comprovar isso, acompanhando a literatura existente sobre previsão macroeconômica.

    Não sou petista e sequer me simpatizo pelo partido. No entanto, também é importante frisar que grande parte das projeções econômicas feitas por estas consultorias falham, e falham com todos pulando de mãos dadas rumo ao precipício. Explico.

    Se um economista-chefe de alguma destas instituições tem algum insight diferente, advindo de qualquer outro modelo mais sofisticado do que aqueles geralmente empregados, em caso de erro (sim, existe essa possibilidade de mesmo um modelo melhor, em um determinado ponto errar mais do que um modelo pior), seu emprego estará em sério risco.

    Assim, é melhor todo mundo errar junto do que cada um tentar buscar a melhor previsão possível. Pelo menos sob o ponto de vista individual, de manter seus respectivos empregos.

    Além disso, com a grande quantidade de diferentes frequências de dados, com a pobreza de coleta de informações que ainda temos no Brasil (isso quando o IBGE e o IPEA não se atrapalham), não querendo subestimar tais instituições (mas implicitamente já o fazendo), não conheço modelo algum que suporte a geração de informações a respeito de cenários futuros, tendo em vista tais problemas.

    Os modelos, por pior que sejam, têm o importante papel de “adestrar” o raciocínio, e separar o “chute” das perspectivas materializáveis.

    Para se fazer uma análise econômica digna de respeito, se faz necessário esperar os dados REAIS da economia, para se entender melhor os choques, e, a partir de então, entender qual a propagação deles e redesenhar melhor o cenário econômico subsequente. Há uma incompletude muito grande ao se atualizar e redesenhar um cenário macroeconômico somente em função de juros, inflação e câmbio.

    Realmente, ao meu ver, faz todo o sentido revisar projeções de câmbio, juros e inflação em uma velocidade relativamente alta. Mas não em termos de PIB. Talvez de produção industrial, dada a frequência natural dos dados …

    Assim, minha percepção, é de que muitos dos agentes envolvidos neste tipo de previsão muito mais especulam em termos macroeconômicos do que propriamente reúnem elementos que embasam suas previsões.

    Fiz esta breve explanação para criticar a falta de elementos que embasam as consecutivas e sucessivas revisões negativas de crescimento macroeconômico para baixo, ou para cima.

    Há vários elementos que fogem às tradicionais correlações históricas, que no longo prazo (e as vezes no curto prazo), podem gerar significativas distorções.

    Assim, acredito que projeções inferiores a 0,3% de PIB para este ano, com os dados que já temos, ainda caracterize um pouco de precipitação.

    Por fim também gostaria de lembrar que este tipo de publicação de previsões vira uma “profecia auto-realizável”, dado o peso que o Boletim Focus tem na formação das expectativas racionais dos agentes.

    Portanto, há de se ter enorme cuidado ao profetizar o apocalipse econômico.

  15. A incompetência ABSURDA da atual “administração pública federal” vai nos dar de legado, um pais caminhando para um BURACO sem tamanho. DEMAGOGIA é a única coisa que esses MEDIOCRES sabem fazer ( esqueci também de Marketing politico na cabeça dos INGÊNUOS !!)

  16. VIDA D GADO, POVO MARCADO E POVO FELIZ…..
    “Se te falta educação culpe o governo. Mas se te falta governo culpe a si mesmo…
    O governo não teme o pobre que tem fome, porque, como regra, basta enganá-lo com cestas básicas, bolsa familia e outras cantilenas da solidariedade. O Sistema teme o pobre que sabe pensar, porque vai atrás de seus direitos ….e tem discernimento moral para não se enganar com discursos motivacionais deles…
    O único progresso verdadeiro é o progresso moral. O resto é simplesmente ter mais ou menos bens.”

  17. …depois do dia 5 de outubro vamos ficar sabendo qual é o verdadeiro índice de inflação o verdadeiro preço da gasolina o verdadeiro crescimento do PIB o verdadeiro preço da eletricidade o tamanho do roubo na Petrobras e outros desmandos. Do jeito que vai, logo logo, não haverá mais dinheiro nem para pagar o Bolsa Familia

  18. A MÁXIMA ANTIGA, POREM MUITO ATUAL, DE QUE : DE CABEÇA DE POLITICO E BUMBUM DE NENE PODE-SE ESPERAR DE TUDO, VALE EM GENERO, NUMERO E GRAU PARA O BANCO CENTRAL E O MINISTERIO DA FAZENDA DO BRASIL , OU SEJA, NADA DO QUE SAI DE LÁ E CONFIAVEL E APROVEITÁVEL, NO QUE DIZ RESPEITO A INFLAÇÃO E PIB

    1. Caro Roberto,

      Não tenho a mínima simpatia pelo PT, e concordo com você em relação à descrença ao ministério da fazenda. Entranto, o Banco Central do Brasil é a instituição com o melhor corpo técnico das que temos no país.

      O problema do Banco Central é da diretoria para cima, e na prática das políticas, que estão subordinadas às decisões do COPOM (controlado pela presidente).

      Os resultados de projeção decorrem da aplicação de modelos interessantíssimos baseados em economias artificiais, que tentam reproduzir o comportamento dos agentes econômicos.

      Para chegar nos mesmos resultados divulgados pelo BACEN, basta rodar o seguinte modelo:

      http://www.bcb.gov.br/pec/wps/ingl/wps239.pdf

      Certamente chegará aos resultados divulgados, se executá-lo conforme descrito no manual (o que não é para qualquer um).

      Note que esse modelo fora construído com a ajuda de diversos prêmios Nobel em economia, e de respeitadíssimos professores das mais prestigiadas universidades. Sei, porque conheço a equipe técnica do BACEN, e já estudei seus modelos a fundo.

      Infelizmente, não posso falar o mesmo das políticas praticadas pela instituição.

      Me atrevo a vir aqui e defender os técnicos, pois não são eles que fazem as políticas (subir ou descer a taxa de juros, por exemplo), mas certamente, fazem hoje o que há de melhor em capacidade preditiva na economia brasileira.

  19. Baixou de novo nosso PIB….. Esse governo do PT é o maior desastre.

  20. Ano que vem se a Dilma ganhar que Deus nos livre desse desastre. a coisa vai ficar feia e não adianta e protesta pois a chance que temos de tira a Dilma do poder é agora Acorda Brasil ou vai pagar pra ver. depois que a Dilma ganhou o Brasil virou um caos total é baderna e mais baderna crimes roubos, tudo isso com a ajuda da Dilma que assim que assumiu fez um decreto colocando 100 mil bandidos nas ruas. por isso que o Brasil esta esse caos Acorda Brasil Fora Dilma

  21. Caros internautas, o pior está por vir. Como não temos mais oposição no País, é só ver o que o Aécio faz com a Marina, jogando no colo da atual presidenta as eleições deste ano o que nos leva a crer que teremos que aguentar o PT pelo menos mais 20 anos, senão vejam; a Dilma leva a eleição agora, de 2018 a 2025 o Lulinha paz e amor ganha ancorado pelos votos dos beneficiários alienados do bolsa família, que também agora elegem Dilma, e em 2026 volta Dilma novamente e aí sucessivamente. Então quando acordarmos, estaremos sob um regine bolivariano pró Cuba.

  22. Nestas semanas antes das eleições, ao ouvir o discurso dos candidatos, a impressão que tenho é que o Brasil vai continuar sendo o país do futuro, qdo digo futuro, digo futuro prospero. O problema é que esse futuro parece ficar cada vez mais inalcançável. Vejo muuuuita, mas muita demagogia e TOTAL falta de senso de realidade, do ridículo nos discursos dos candidatos, principalmente os de esquerda como PT, PSOL. PCO, PSTU e assemelhados. Os candidatos falam tantos absurdos que se houver uma passeata nas ruas contra a lei da gravidade ou lei da inércia. Os candidatos, com a maior expressão de seriedade em seus semblantes, vão propor que, se eleitos vão mandar um projeto de lei ao congresso para revogar essas leis. Chego a pensar que tanto Dilma como Luciana Genro moram em outro planeta, talves em outro universo com outras leis da física, tamanho são os absurdos de seus discurso. Parecem que pensam que a maioria esmagadora dos eleitores não tem cérebro, ou um mínimo de noção da realidade pra notar um absurdo qdo dito. Será que não temos “gente” séria, honesta e competente para ocupar o cargo de presidente? Ou esse tipo de gente é impedida de entrar para a política? Talvez devêssemos importa um presidente e um novo congresso da Escandinávia ou da Alemanha?

  23. Fernando: há sete anos que moro na região nordeste, no estado do RN. Hoje; segunda feira; é “dia de ressaca”. Tudo bem. Me ajude com o meu raciocínio: um ano tem 52 semanas, então são 52 dias a menos de trabalho, certo?. Se somamos os feriados nacionais, estaduais, municipais, os dias da Copa do Mundo, os comícios e os “atestados médicos”, as horas que o povo fica deitado na rede “assistindo” TV, mais as horas que passa bebendo cachaça. O que você acha? Vai ou não vai influir no PIB? Ainda não ouvi nenhum politico falar do analfabetismo no Brasil. E esqueci do consumo do craque e a queima irracional de foguetes que também influem; na minha modesta opinião; no resultado final do PIB. Eu sei que a idiossincrasia brasileira não aceita nenhum tipo de critica; menos ainda vendo de um gringo; porém eu acho que vocês brasileiros deveriam refletir; e muito; nas minhas palavras. PAIS RICO É PAIS COM EDUCAÇÃO!

    1. Sim, claro que vai. Denominamos isso como “Produtividade”.

      Um dos principais fatores que explicam a produtividade, é a educação 🙂 O outro é o nível de tecnologia, que também decorre da educação.

      Há estudos que mostram que se o brasileiro médio tivesse o mesmo domínio que o americano médio tem em relação à matemática, dobraríamos o nosso PIB.

      Outro ponto que é muito interessante, complementando o que você disse, é que, quando identificamos alguns modelos de economia artificial, sobre o comportamento do Brasileiro, chegamos a conclusão que o brasileiro é um povo EXTREMAMENTE IMPACIENTE.

      Isso se reflete nesta série de comportamentos que você destacou, e, indo além, é o que resolve o dilema entre bolsa família, ou investimentos e melhor vida para os filhos. O Brasileiro, pela sua impaciência, prefere o bolsa família.

  24. PRA VARIAR, O BC (QUE VIVE SOB OS MANDOS E DESMANDOS DE DONA DILMA) PINTA O MUNDO DE COR-DE-ROSA. SE TIVÉSSEMOS UM BANCO CENTRAL AUTÔNOMO, AS PREVISÕES OFICIAIS SERIAM MAIS REALISTAS, E O GOVERNO TRATARIA DE TRABALHAR MAIS SERIAMENTE PRA RESOLVER O PROBLEMA. A INFLAÇÃO É MAIOR QUE A OFICIAL, O CRESCIMENTO ECONÔMICO É MENOR QUE O OFICIAL, E DONA DILMA SEGUE FIRME RUMO A MAIS 4 ANOS DESMANCHANDO O PAÍS. E A CLASSE MÉDIA CONTINUA PAGANDO O PATO (E AS BOLSAS, AS COTAS, OS ASSISTENCIALISMOS, ETC., ETC.). NÃO É À TOA QUE DILMA VENCE EXATAMENTE NOS RINCÕES, ENTRE ELEITORES MAIS POBRES E MENOS INSTRUÍDOS…

  25. E quem acredita nisso?

    Sinceramente, a inflação real é de no mínimo 15%!

    O Governo do PT é de manobras e mais manobras para trazer números favoráveis, quando a realidade mostra outra.

    Está na hora de tirar essa máscara!

    1. Antes de dizer que está em 15%, procure verificar o cálculo da inflação.

  26. Sr,s (a)

    Não sei como os Brasileiros aceitam estas coisas, é medo de perder o emprego. Ou continuar dando o País para essa turma do PT.
    VAMOS MUDAR AINDA DA TEMPO.

    1. Se candidata-la, quem sabe você não muda?Porque os que estão concorrendo vão perder.

  27. Sr,s (a)

    O que Vocês compram hoje com R$ 780,00 ou R$ 90,00? Conheço aposentados, os quais, o dinheiro que recebem não paga nem o medicamento, nem o PLANO DE SAÚDE. Outra questão a analisar, é que hoje temos que Trabalhar 45 anos e ter 65 anos de IDADE para se aposentar, e quando recebemos o aumento é menor que a INFLAÇÃO.

  28. Colegas, Precisamos de mudanças rápidas, Nossas crianças, nosso futuro dormindo no chão.
    As nossas vidas, nosso destino sem educação.
    Lideres desgovernados os quais não conseguimos parar um sistema desenfreado que quer nos atropelar. Minha terra cansada com sede sem água pra planta crescer.
    Nosso ar ficando escasso sem ar pro planeta viver.
    Somos a salvação para um mundo que ainda tem jeito. Somos a primeira opção para um mundo perfeito. (Mato seco Salvação).

  29. Srs, venho muito respeitosamente questionar sobre:
    Se a Inflação gira em torno 6,0% aa e o crescimento é
    de algo de 1,0% aa (otimistamente dizendo) não estamos vivendo uma franca recessão a muito tempo?
    A inflação mede o quanto voce precisa a mais pra adquirir a mesma coisa, ou seja:
    (Crescimento +1,0%) – (inflaçao -6,0%)= -5,0% RECESSÃO a muito tempo, porisso este destempero da realidade apresentada/nosso bolso.
    Grato pelo espaço e atenção.

    1. Baraldi,

      As taxas de crescimento são calculadas já com o desconto da inflação.

  30. Se a Inflação é de 6,5 ao ano, me diz
    qual foi quais foram as empresasa de energia eletriga, agua e esgoto que corrigiu suas contas por esse percentual.Me diz ainda qual foi a prefeitura que aumentou iptu em 6,5, ou a classe politica acha que todos nos somos babacas, mas tem babaca que acredita…

Comments are closed.